Últimos assuntos
» Futari Ecchi (2014) [MKV][C]
Dom Out 04, 2015 12:19 pm por Lacus

» [Doctor Who] Impossible
Seg Ago 31, 2015 3:05 pm por Lacus

» Akagami no Shirayuki-hime [MKV][C]
Seg Ago 24, 2015 8:25 pm por Lacus

» Kyoukai no Rinne [MKV][Adicionando 24/08/15]
Seg Ago 24, 2015 7:39 pm por Lacus

» Misutenaide Daisy [MKV][C]
Sex Ago 21, 2015 11:48 am por Lacus

» Show By Rock!! [MKV][C]
Dom Ago 16, 2015 5:47 pm por Lacus

» [OST] Battle Spirits Burning Soul [OP/ED]
Qui Jul 02, 2015 10:08 pm por Lacus

» [Frozen/Guardiões] Believe Me
Seg Jun 29, 2015 2:53 pm por Lacus

» Battle Spirits Burning Soul [MKV][Adicionando 19/08/15]
Qua Maio 06, 2015 5:44 pm por Lacus

Relogio
Parceiros
Highschool of the Dead Brasil
Contador de Visitas
acesso gratis

[Biografia Naruto] Masashi Kishimoto

Ir em baixo

Re: [Biografia Naruto] Masashi Kishimoto

Mensagem  maickon em Dom Set 23, 2012 6:35 pm

Fala Galera, Abrindo um tópico novo para falar de um dos criadores de mangás mais populosos, a partir de agora vocês terão regularmente matérias especiais sobre o mundo dos animes e mangas, seja biografia ou especiais relacionados a um mangá favorito, personagem e coisas que acontecem em animes, enfim será quase uma discussão mas abro aqui uma matéria dividida em partes para começar, importante frisar que retiro algumas informações da minha coleção neo tokyo de algum tempinho atras e de meus conhecimentos do anime. Ou seja, meus caros, qualquer ajuda, sugestão, critica relacionada a matéria viria a ajudar, estamos começando agora venham fazer esse fórum crescer contamos com a ajuda de vocês!!!


MASASHI KISHIMOTO


Publicado no Brasil pela editora Panini e exibido no Brasil nos canais Cartoon Network e SBT, Naruto é sucesso por aqui. A grande promessa do ano que vem é a estréia dos episódios inéditos, o que deve aumentar ainda mais o numero de fãs e render uma nova leva de produtos licenciados. Agora, por que Naruto é fenômeno no mundo inteiro ? Quais são as inspirações do criador da série, e quem é ele ?
Nascido na mesma cidade do famoso samurai Miyamoto Musashi, Masashi Kishimoto é o irmão mais velho dos gêmeos. O sucesso de Naruto deve principalmente a Masashi Kishimoto ter vivido grande parte de sua vida num ambiente rural, que é a cidade interiorana de Okayama. Quando criança, Masashi começou a se interessar pela animação japonesa com Doraemon e Dr.Slump.
Antes de tomar a decisão de seguir carreira como mangaká, Masashi imaginou ser jogador de beisebol. Irônico também é saber que essa escolha foi graças a outro mangá, o sucesso Touch, criado por Mitsuru Adachi. Nessa época, ele ja havia discutido com seu irmão Seichi, uma briga normal de irmãos que seria contada por ele em alguns depoimentos entre os capítulos de sua série Naruto. Seishi ja foi acusado de plagiar o traço do irmão e foi defendido pelo próprio Masashi, não havendo, portanto qualquer rivalidade entre eles.

"No meu aniversário de um ano, me vestiram de mochi e foram colocadas três coisas na minha frente. Para min e meu irmão meus pais colocaram um soroban, um pincel e uma nota de dinheiro, meu irmão ficou meio confuso, mas parece que pegou o pincel, eu, dizem, sem pestanejar, peguei o dinheiro e sorri" Masashi Kishimoto

Ambicioso ou não Kishimoto acabou seguindo a mesma escolha de seu irmão Seichi, no caminho do pincel. A Primeira arte dos dois foi desenha com coco, quando crianças, quem diria hein ..até hoje a mancha está lá trazendo boas lembranças.



O FASCÍNIO POR DORAEMON E Dr.SLUMP

Quando criança, Kishimoto não era a pessoa mais concentrada do mundo. Viciado em televisão, ele não prestava atenção quando seus pais falavam com ele. Curtia programas infantis até que acabou fascinado por doraemon um gato robótico do futuro, vocês tão lembrados não? Passou por aqui na rede manchete no Clube da Criança, bons tempos aqueles hein.. quando era chamado de Super Gato, mas voltando, o Masashi adorava Doraemon e adorava desenhar o rosto do simpático gato em tudo quanto era o lugar, chegou até a arranjar brigas na escola, porque achava que os outros colegas desenhavam Doraemon de maneira errada, eh mole isso ??? kkkk
Até que um dia ele encontrou sua segunda paixão, o também robo Arale a robotica né, do aclamado mangá primeiro de Akira Toriyama, eh sim o Dr,Slump, aí depois da pra imaginar né, o cara saiu desenhando o rosto da Arale em tudo quanto lugar, e em uma das vezes até brigou com a mãe que vendo o desenhou comentou que todas as garotas usavam batom e pintou o batom em um dos desenhos dele.. eh o garoto Masashi desde cedo mostrou que era viciado em mangás, a partir daí...

SHONEN JUMP E DRAGON BALL Z



"No fim do ginásio, virei fã da Shonen Jump graças a Dragon Ball Z, e a outros mangás de lá que viraram animes. Mas, mesmo antes disso, eu e meu irmão éramos loucos por Kinnikuman (aqui chamado de "Musculo Total") então, no final do ginásio, eu era um moleque que respirava Dragon Ball. Nunca tinha ficado tão viciado em um anime, pra min Akira Toriyama era como se fosse um Deus. Eu não Parava de desenhar os personagens que apareciam em Dragon Ball" Masahi Kishimoto

Descobrindo um novo mundo na Shonen Jump, Masashi e seu irmão começaram a acompanhar obras como Dragon Ball e Hokuto no Ken. O autor até comenta que na escola ele brincava com frases que eram usadas pelo protagonista de Hokuto No Ken, tais como "Acabei de pressionar os teus pontos vitais".
Pegando emprestado de amigos, a revista Shonen Jump, Kishimoto descobriu excelentes histórias daquela época. Ele logo percebeu que queria ser autor de mangás e participar da Shonen Jump. Quem diria que, anos depois, faria uma das franquias mais rentaveis da Shonen Jump.

FAMICON, DRAGON QUEST, TOUCH E AKIRA



Grande fã de Akira Toriyama, Kishimoto desenhou tantos personagens de Dragon Ball que logo deixou seu traço mais parecido com o do criador de Goku e sua turma. Naquela época, foi lançado para o NES (Famicon, no Oriente) o jogo Dragon Quest, o primeiro RPG para o console da Nintendo.Viciados, Kishimoto e Seichi tinham de jogar esse jogo, arranjando um video game eles rapidinho negocioram com o pai para comprarem um e o engraçado é que toda família Kishimoto gostaram do jogo.
No caso da série Touch de Mitsuru Adachi, foi uma verdadeira febre nos anos 80, sendo até hoje uma das grandes preferências dos japoneses, a historia animou Masashi e Seichi a entrarem no time de beisebol do ginásio escolar, no entanto as coisas não foram fáceis e nem sempre a vida real imita os mangás. o mangá acabou sendo motivo de uma das discussões dos irmãos, de que o esporte não é para todos, Segundo o próprio Masashi o irmão lhe respondeu assim "No nosso grupo de beisebol só tem carecas, além disso você e eu jogamos muito mal.. se bem que você dá muito azar idiota. Isso fez com que Masashi parasse de colecionar o mangá.
Acompanhando a vida Masashi, percebemo que ele foi um jovem dos anos 80 que pegou o "boom" dos mangás, certamente, ele também foi um telespectador do arrebatamento que foi Akira no japão e no mundo todo em 1988. Nessa época ele quase não desenhava porque estava no time da escola de beisebol e treinava muito, até mesmo nos fins de semana, as coisas mudaram quando ele viu o poster de Akira para divulgação do filme, mostrando Kaneda sobre uma moto, a arte chamou a atenção de Masashi que não acreditava como a arte do desenho podia ser tão bem feita. O fascínio fez com que Masashi comprasse tudo da série Akira: a coleção de mangás, o livro de esboços do filme e a versão do filme em quadrinhos. Estudando a arte de Katsuhiro Otomo, Masashi aprendeu a admirar outro autor de quadrinhos, alem de Akira Toriyama. Uma das perguntas que Masashi se fazia era por que motivo os desenhos de Katsuhiro Otomo e de Akira Toriyama fascinavam as pessoas ? Então, percebeu que até nos menores detalhes ambos os autores impõem a marca de criatividade: E FOI AÌ que Kishimoto decidiu que não deveria imitar a arte de ninguem e sim procurar algo do proprio estilo.

O PROBLEMA E A SOLUÇÃO

No colegial, ele via que muitos jovens de 15 anos venciam o prêmio Hop Step, isso o preocupava porque ele estava no colegial e mesmo querendo virar desenhista não conseguia publicar uma história de 30 e poucas páginas para um concurso, ele descobriu a duras penas que não adiantava apenas estudar desenho , e que desenvolver um bom roteiro para a criação de um bom mangá era fundamental.

"No segundo ano do colegial desenhei 31 páginas, mas não tinha a menor idéia se aquilo era legal ou não. Então dei para o meu irmão ler.. fiquei esperando ansioso pela resposta e ele disse que era chato. Só que como ele é meu irmão, não podia confiar e dei para o meu pai ler e a resposta foi a mesma coisa, chatissímo disse ele"

Com uma famíia dessas quem precisava de inimigos? Masashi deixou o mangá na gaveta e ficou tentando saber em que havia errado. Depois disso, ele produziu outros mangás, mas a recepção não foi muito diferente. Seguindo no processo de desenvolver um mangá, promissor, o tempo foi passando e Masashi se formou no colegial. Focado cada vez mais nos desenhos a sua nota foi caindo na mesma proporção e ele se tornou o penúltimo da sala em tirar notas. Tendo notas tão baixas e mangás tão péssimos Masashi não sabia mais o que fazer, ele não conseguiria nem passar na faculdade e nem criar um mangá. O que fazer ??

eh acompanhamos um pouquinho da infancia do garoto Masashi, o cara era viciado em mangás e pessimo com notas, como o gosto influenciou nas obras é muito importante, por isso nessa primeira parte conhecemos esse lado um pouco óbvio do autor não eh mesmo, tah certo que hoje em dia tah todo mundo pegando no pé do cara porque naruto perdeu o rumo mas pra quem lê um pouco de Bakuman vê que quando mais sucesso mais a série continua, e mais o autor se perde foi assim até com Akira Toriyama de quem Masashi foi fãsassso não eh msm ??
e então o que Masashi fez p sair da situação ? como ele iniciou na carreira dos mangás, agora que sabemos de seus gostos de infãncia é muito mais interessante ver as primeiras criações alem daquelas mostradas pra família não acham, então por favor acompanhem ... sei que muitos ja sabem da carreira dele e tudo mas é só pra esquentar, terá muitos autores bons aqui na lista
então não percam não eh msm e muito obrigado pela compreensão de vocÊs até mesmo se entrarem para dar uma olhadinha ^^ tchau tchau e até a proxima parte


Olá pessoal, vamos agora recomeçar de onde paramos ??? ou não, sei la né mas enfim a idéia é essa e se não estão acompanhando, acompanhem afinal tem muito mais para postar, to com muitas materias legais dos criadores das nossas serier favoritas, eu mesmo juntei algumas materias da antiga neo tokyo q tenho colecionada com algumas informações juntas e frases do autor nos mangas que coleciono, mas tem mais hein, nas proxima irei falar de Rumiko Takahashi QUEM NÃO A CONHECE ?? NÉ a criadora de INUYASHA, RANMA MEIO e muitos outros....

Continuando......

O que fazer ???
Primeiro, ele decidiu fazer um cursinho, mas mesmo assim as suas notas não melhoraram muito para poder fazer uma faculdade.
A decisão foi entrar pelas beiradas, bem à moda brasileira. Ele decidiu fazer uma faculdade de artes, para isso a prova que pesa mais é a de habilidade específica. Estudando desenho a vida toda, ele se concentrou em desenhar outros estilos, além de mangá, para passar na prova especifíca. O resultado final, foi a que se podia imaginar, ele passou na prova e entrou para a faculdade.

NA FACULDADE: ENTRE SAMURAI X E BLADE - A LÂMINA DO IMORTAL



Entrando na faculdade, Kishimoto teve sua realização pessoal, que foi ter todas as matérias ligadas às artes. Na época, com 19 anos, ele ainda não havia desistido do sonho de um dia fazer parte do time da Jump. Disposto a fazer um mangá de Samurai, ele se deparou com um grande problema: a qualidade de seus concorrentes.

" Droga! Não dá para virar um mangaká só desenhando!! Aqueles que não pensam também na história não conseguem!! Devia ter estudado mais a língua japonesa na escola!! Droga isso é hora de perceber isso também ???!!!"


Naquela época, surgiram dois grandes mangás com temática de samurais, o Rurounin Kenshin ( Samurai x) do famoso Nobuhiro Watsuki e Mugen no Jununin ( Blade - A lâmina do Imortal ) premiado pela Afternoon do estreante Hiroaki Samura.
Vendo seu próprio mangá de samurais percebeu que a qualidade não chegava nem aos pés dos novos títulos que estavam no mercado. Mesmo assim, ele mandou o mangá para um concurso e nunca recebeu resposta.

A AJUDA DOS VETERANOS

A vida de Masashi Kishimoto, para quem que ser desenhista, realmente vale pelos precalços que passou. Encontrando desde novatos mentirosos até veteranos honrados, Masashi demorou a encontrar amigos que pudessem ajuda-lo em sua empreitada. O aprimoramento de Masashi veio quando ele conheceu dois veteranos que venciam alguns concursos e tinham já um editor profissional cuidando dos trabalhos deles. A ajuda foi fundamental para ele aprimorar a produção de um mangá, recebendo conselhos e sendo acessoriado em fundamentos onde ele tinha certas dificuldades

DESENHANDO O PRÓPRIO MANGÁ "DIVIRTA-SE"

" Meu objetivo era ganhar o prêmio de 500 mil iênes Hot Step da revista semanal Shonem Jump.. digo ser um dos premiado!!!"

No segundo ano de faculdade, ele decidiu desfragmentar o conceito de mangá em narração, personagens, assuntos, temática entre tantos outros. Dividindo desta forma, ele pôde analisar os fundamentos em que ele ia bem e os que ele ainda não dominava muito. Ficar de frente com os seus erros o traumatizou profundamente, afastando-o por um tempo dos mangás. Ele só voltou a ter estímulo para desenhar quando viu um amigo lendo uma edição da Shonen Jump e se divertindo muito. O mangá em questão era Slam Dunk, intrigado ele perguntou porque o rapaz gostava tanto da série, e esse amigo lhe respondeu : " Só de ler dá pra sentir que o Takehiko Inoue gosta muito de basquete!! Com isso ele consegue passar para a gente que se divertiu desenhando o Slam. É como se ele dissesse aos leitors: olha só como o basquete é divertido!!! Por isso, leiam por favor!"
Masashi descobriu que seu mangá não passava a sua diversão em desenhar aquela história. Não é a toa que Slam Dunk é um dos mangás mais queridos pelos japoneses e Masashi havia descoberto a razão de ser tão popular.



SEINEN OU SHONEN ? EIS A QUESTÃO


" Eu fazia muitos mangás que poderiam dar certo tanto numa revista seinen como na shonen. Isso porque fui bastante influenciado por Dragon Ball (Shonen), e por Akira (Seinen). Por causa disso, eu ficava bastante indeciso sobre qual caminho seguir e mesmo adotando uma das linhas, a outra também acabava aparecendo".


E qual caminho o autor seguiu ? Seinen, ou Shonen ? Primeiro, ele decidiu por Seinen, mas as coisas não estavam indo como ele desejava:
"Percebi que tinha algo que estava nas profundezas de meu coração e insistia em querer sair... Era tipo aquela obra prima dos mangás Shonen... o Dragon Ball.."
Mudando de estratégia e decidido a seguir o caminho shonen, ele encontrou problemas como seu traço lembrar muito mangás seinen. Dragon Ball e o sonho de ter seu mangá na Shonen Jump falavam mais alto, assim, ele precisava se adaptar a desenhar um mangá shonen. Uma de suas influencias veio do mangá Hashire! Merosu!!

TETSUYA NISHIO



" Desde então, comecei a copiar o desenho do Nishio-san, que se tornou quase o ponto principal do traço que uso em Naruto. E, como muitos devem saber, um dos designers dos personagens do animê Naruto é o próprio Tetsuya Nishio-san. Sou um cara de sorte mesmo!".

Acompanhando o mangá de ninjas publicado na JUMP de nome Ninku, Masashi assistia a sua versão animada, e começou a admirar o trabalho do animado, Tetsuya Nishio, conhecido por ter sido o diretor assistente de Blood-The Last Vampire.
A vida do estudante Masashi Kishimoto mudaria para sempre depois desenhar o mangá Karakuri e mandar para a Shonen Jump. Criando um tema complexo com várias subtramas, ele foi cortando personagens inúteis e também simplificando a história do melhor jeito possível para que se tornasse um one-shot. Ele própio define o roteiro de Karakuri como "um filme de ficção científica de baixo orçamente e brega". Para o título escolheu a palavra "karakuri" que quer dizer Cyborgue em japonês -- ele preferiu usas a palavra em japonês mesmo do que batizar de Cyborge como aconteceria normalmente.
Rezando para que tudo desse certo, ele mandou o one-shot de 30 páginas para a Shonen Jump. Nervoso, ele ficava todo dia esperando o telefonema, questionando se mandou uma boa história, chegando até a sonhar com a ligação da editora. Numa loja de conveniência, o autor viu a nova edição da Shonen Jump e logo tratou de conferir se havia ganhado o prêmio ou não.

Tinha o autor ganhado o prêmio Hot Step quando enviou o seu trabalho para a revista ? e depois quais trabalhos o autor teria feito
Na Próxima parte, a parte final deste primeiro especial que apresento para vocês, caros amigos leitores, iremos conhecer os trabalhos de masashi kishimoto antes de Naruto, aqueles mangás que foram rejeitados e finalmente daremos a entrada e desfecho é claro para a criação de naruto, como foi ? como ele começou e entrou na revista, alem de uma parte da entrevista que ele realizou a revista neo tokyo ( agradeço por ter algumas informações, sem elas nãos seria possivel dar informações veridicas não é mesmo ? )

O FINAL nos revelara da personalidade do nosso autor e mais teremos um especial. lista dos episodios de naruto, não deixem de acompanhar pelo nosso amigo Yannes a biografia de Tite Kubo também.. e ahh... começaremos a matéria especial ..de J-ROCK, dando a biogafria, entrevista e afins das bandas favoritas dos otakus, em breve.....

( NUNCA ESQUECEREMOS DE PEDIR A AJUDA DE TODOS PARA FAZERMOS ESTE FÓRUM CRESCER, OBRIGADO )

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

continua....








avatar
maickon
Administradores
Administradores

Mensagens : 203
Pontos : 2855
Reputação : 5
Data de inscrição : 15/04/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum